NOTÍCIAS

ACECA


Como trabalhar a emoção da equipe dentro da empresa

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

Sensação de exaustão completa no trabalho, angústia para levantar da cama e ir trabalhar, crises de ansiedade, inferioridade em relação aos colegas, isolamento e a impressão de que nada do que se faz é satisfatório, tudo isso no ambiente de trabalho, tem um nome: Síndrome de Burnout. Ela é um tipo de esgotamento físico e mental elevado ao estresse crônico, uma forma de depressão no trabalho. Segundo a Organização Mundial de Saúde, este tipo de problema está associado a uma queda de produtividade que resulta na perda de US$ 1 trilhão por ano no mundo.

Aqui no Brasil, uma pesquisa de 2016 da Escola de Economia de Londres, apontou que o país perdeu US$ 63 bilhões anualmente somente com a depressão do trabalho. Sabe o que isto significa? Significa que empresários e empreendedores estão perdendo dinheiro quando não sabem valorizar e investir na sua equipe de colaboradores. Infelizmente a humanidade ainda vê no emprego uma "necessidade" e não um "prazer", e esta mentalidade contribui para um estado de ambiente caótico, intolerável e submisso. Apesar de todos acharem que estão ganhando dinheiro, é possível provar que estão errados, conforme os dados apontados acima.

O diferencial de uma empresa que está sempre pronta para qualquer crise, é saber que tem na sua equipe a principal fonte de energia da sua estrutura organizacional. Toda a transformação começa de dentro para fora e com a sua empresa não é diferente. O operador de telemarketing, por exemplo, sofre diariamente com o mau humor das pessoas que estão impacientes do outro lado da linha e muitas vezes escutam coisas deprimentes. Se dentro da organização não há uma política motivacional, com o passar do tempo este funcionário se sentirá cada vez mais deprimido. Um ambiente bem organizado emocionalmente tem a capacidade de mudar a vida das pessoas ao seu redor. Ao invés disso, muitos acabam demitindo um funcionário por considerá-lo "doente" e contratam outro, que vai futuramente pelo mesmo caminho.

Trabalhar com as emoções é, portanto, algo essencial a ser considerado dentro da equipe. É preciso que o empresário saia do seu casulo, ou melhor, de trás da mesa do escritório, e se enxergue na mesma posição dos demais, mostrando que assim como eles, também faz parte do time de frente de batalha. Investir nos seus colaboradores é investir em si mesmo e proporcionar as melhores experiências para eles, para você e, consequentemente, para seus clientes. Afinal, eles são os seus maiores propagandistas e fazem a sua imagem lá fora. Cuidemos daqueles que nos integram para enfrentar qualquer crise de cabeça erguida.

Fonte: Administradores.com
Últimas Noticias
Governo prorroga adesão ao Refis do Funrural até 31 de dezembro

O governo federal publicou na última sexta-feira (9/11) no Diário Oficial da União a lei que prorroga para 31 de dezembro de 2018 o prazo limite para contribuintes aderirem ao parcelamento do Fundo de Assistência ao Trabalhador Ru...

Portal eletrônico deve reduzir trâmite burocrático de importações

Depois de conseguir que 100% das exportações sejam feitas por meio do Portal Único de comércio exterior, o governo começará até o fim do mês a desembaraçar também as importaçõ...

Supremo julgou só 1 de 6 temas polêmicos da reforma trabalhista

Um ano após a reforma trabalhista do governo Michel Temer, de seis temas levados ao STF (Supremo Tribunal Federal), em 29 ações, apenas um já foi julgado.

Em junho, os ministros decidiram pela constitucionalidade do fim...