NOTÍCIAS

ACECA


Fux confirma suspensão de processos sobre tabelamento do frete

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), confirmou nesta quinta-feira a suspensão do andamento de todos os processos judiciais do país sobre o tabelamento do frete. O assunto é marcado por idas e vindas. Em dezembro, o ministro suspendeu o pagamento de multas por descumprimento da tabela do frete imposto a empresas transportadores e embarcadores. Na semana seguinte, ele derrubou a própria liminar e restabeleceu as multas, que continuam valendo

A decisão foi tomada a pedido da Advocacia-Geral da União. Segundo o órgão do governo, havia liminares de juízes de instância inferiores a favor de empresas e entidades para suspender a validade da tabela do frete. Entre os beneficiados estava a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Fux já tinha determinado, em junho, a suspensão dos processos do país até o julgamento definitivo, em plenário, das ações que estão no STF. No entanto, a ordem estava sendo descumprida. Não há data para o julgamento de mérito na Corte.

No processo que está no STF, a AGU lembrou que a criação da tabela do frete assegurou a volta à normalidade nas rodovias do país, porque atendeu reivindicações de caminhoneiros que, em maio, fizeram paralisação contra a baixa remuneração da atividade. Criada por medida provisória no fim de maio, a tabela foi uma das condições apresentadas pela categoria para o fim da greve. Para a AGU, a manutenção da tabela é recomendável ao menos até a reavaliação da matéria pelo novo governo, que já teria demonstrado interesse em negociar com a categoria.

Por outro lado, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) argumenta que a tabela do frete é um dos fatores responsáveis pela queda da renda gerada no agronegócio neste ano. A entidade é contra o tabelamento e afirma que não está disposta a negociar qualquer medida nesse sentido.

Fonte: O Globo
Últimas Noticias
Governo cria regras para a venda de alimentos artesanais no país

O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta quinta-feira (18), durante ato em comemoração aos 200 dias de governo, regras para a venda de alimentos artesanais, como queijos, mel e embutidos no Brasil.

A lei que trata do assunto foi san...

Bancos terão que criar mecanismos para reduzir fraude de boletos

Os bancos terão que criar mecanismos para que os consumidores confirmem se os boletos que receberam para pagamento são autênticos. Essa foi a decisão da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do ...

Entidades reagem a fim de adesão a conselho de classe

Associações de classe, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), prometem barrar no Congresso a proposta de emenda à Constituição (PEC) que coloca os conselhos profissionais como entidades da iniciativa privada, sem nenh...