NOTÍCIAS

ACECA


Paraná anuncia novos valores do salário mínimo regional

ÚLTIMAS

NOTÍCIAS

O Governo do Paraná anunciou na quinta-feira (14) os novos valores do salário mínimo regional com reajuste de 10,06% no estado. O valor é uma referência para a negociação de vencimentos no caso de profissionais sem salarial definido por lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho.

Conforme a minuta, o valor do piso no estado vai variar entre R$ 1.617,00 e R$ 1.870,00 de acordo com a categoria profissional. Veja, abaixo, o valor por categoria.

Desta forma, o Paraná terá o maior valor de salário mínimo regional do país em 2022.

Antes de ser assinado pelo governador Ratinho Junior (PSD), o decreto com o reajuste será encaminhado para a Procuradoria-Geral do Estado e a Casa Civil.

Os valores devem ser pagos retroativos ao dia 1º de janeiro.

A nova base salarial foi definida pelo Conselho Estadual de Trabalho, Emprego e Renda (Ceter).

O índice de 10,06% de reajuste equivale a 100% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – a inflação oficial do Brasil - neste ano.

Valores por categoria

De acordo com o governo estadual, os valores variam de acordo com a atividade profissional da seguinte forma:

Categoria 1
São os trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca. Para estes profissionais, o valor passa dos atuais R$ 1.467,00 para R$ 1.617,00.

Categoria 2
Categoria dos trabalhadores de serviços administrativos, vendedores do comércio e reparação e manutenção. Valor sobe de R$ 1.524,00 para R$ 1.680,80.

Categoria 3
São os trabalhadores da produção de bens e serviços industriais. O valor do salário mínimo no Paraná vai de R$ 1.577,00 para R$ 1.738,00.

Categoria 4
A última categoria é a dos técnicos de nível médio, que têm o valor alterado de R$ 1.696,00 para R$ 1.870,00.

Fonte: G1
Últimas Noticias
Como o contador pode ajudar o cliente na tomada de decisões

O profissional formado em Ciências Contábeis vem se reinventando e ganhando cada dia mais espaço nas empresas e escritórios, sendo solicitado para tarefas muito além das funções tradicionais.

O papel...

Receita decide pela conversão de pagamento em GPS para Darf

A Receita Federal do Brasil, com a intenção de permitir a regularização de débitos para que as empresas possam fazer adesão ao Simples Nacional, divulgou, por meio da Nota Conjunta Corat/Cocad/Suara/RFB nº 5, d...

Empresas do Simples poderão regularizar dívidas até 31 de março

O Comitê Gestor do Simples Nacional decidiu na sexta-feira (21) prorrogar, até 31 de março, o prazo para que as empresas regularizem suas dívidas e se mantenham no regime simplificado, com carga tributária menor.

...